Connect with us

Hi, what are you looking for?

Reflexões

Como utilizar a falta de inspiração ou bloqueio criativo ao seu favor

 Para nós que trabalhamos com a área criativa é sempre um terror quando nos sentamos para criar algum projeto novo e simplesmente não sai nada da mente

 Isto não acontece somente com nós Redatores, mas também com Roteiristas, Designers, Desenhistas, Influencers, Escritores, Blogueiros e tantos outros profissionais deste mundo digital.

 A falta de inspiração é um problema que afeta a todos os criativos deste mundo.

 Realmente é algo que todos se sentem intimidados quando pressentem problemas inspiracionais e bloqueios criativos a se aproximarem.

 Embora este problema afete a todos, normalmente são os menos experientes os mais afetados, precisamente porque não sabem lidar com o problema!

 Em questões de bloqueios inspiracionais profundos, a maneira de resolver o problema não é atacá-lo de frente, e muito menos ignorá-lo. A forma correta de resolvê-lo é contorná-lo!

 Mas primeiro, vamos aprender a identificar este problema.

Homem com bloqueio criativo

O que é um bloqueio criativo?

 O bloqueio criativo, na maioria das vezes, é associado a uma perda temporária de criatividade ou de inspiração. Tanto que em inglês o termo é conhecido como “writer ‘s block“.

 Este termo surgiu na década de 40, criado pelo psiquiatra Edmund Bergler. Por aproximadamente 20 anos, ele estudou a fundo os escritores que sofriam de um mal que, inicialmente, chamou de “inibições neuróticas da produtividade”.

 Este estudo tinha como principal objetivo entender porque esses escritores não conseguiam criar. E o que poderia ser feito para reverter esse bloqueio criativo.

 Muitos da época achavam que isto ocorria por uma crença sem sentido que “as idéias acabaram”, como se a criatividade tivesse um estoque limitado dentro de cada um de nós.

 Felizmente esse estudo, iniciado pelo psiquiatra Bergler, derrubou essa crença estranha que os escritores da época tinham em relação a isto.

 Bergler, analisando os escritores, percebeu que o problema principal não estava na sua motivação externa, como pagamentos por seus trabalhos, aprovação do público ou coisas do tipo, mas sim estava relacionado a sua motivação pessoal.

 Algo que pode trazer a tona e agravar os problemas com o bloqueio criativo são relacionados a problemas psicológicos como depressão, ansiedade, infelicidade, exagero da autocrítica e falta de motivação interna, são os motivos mais comuns em pessoas que estão sofrendo com este mal.

Quais são as causas do bloqueio criativo?

 Para melhor podermos trabalharmos, é muito importante que possamos entender o que causa este problema em nós. Aqui citarei alguns dos mais frequentes, veja:

1 – Falta de conhecimento

 Se você não entende de alguma coisa, não saberá ter ideias e insights para elaborar novos materiais. Isto pode causar uma certa frustração e levar ao bloqueio criativo.

 Por isso é super importante adquirir conhecimento dentro daquilo que você quer fazer.

 Quando se tem conhecimento sobre algum assunto as coisas ficam mais fáceis, rapidamente você tem novas ideias para criar novos materiais e tudo flui como deveria fluir.

2 – Cansaço físico e mental

 Sem qualquer sombra de dúvidas, o bloqueio criativo pode estar completamente ligado ao cansaço, seja ele físico ou mental.

 Por isso é necessário ter sempre uma boa noite de sono e realizar pausas entre os momentos de criação para descansar o cérebro antes de voltar a produção.

3- Perfeccionismo

 Entendo que ser perfeccionista tem seu lado bom, mas o excesso, assim como tudo em nossa vida, tem seu lado ruim. E é muito bom que se tome muito cuidado, pois isso pode acabar com toda a sua motivação e lhe prender a um único projeto para sempre!

 A parte boa do perfeccionismo é que você sempre tentará fazer tudo o melhor possível, então nada sairá mal feito dentro do seu ponto de vista.

 Mas aí vem a parte perigosa que lhe força demais devido a sua mente trabalhar demais para deixar aquele trabalho simplesmente perfeito.

 Por isso, se não sair exatamente como você espera, causará uma certa frustração consigo mesmo e consequentemente, o levando ao bloqueio criativo.

4 – Excesso de trabalho

 Quando você acaba ficando sobrecarregado por uma demanda muito grande de trabalho e tem que realizá-lo sempre utilizando muito de sua criatividade, é muito provável que ocorra o bloqueio criativo, devido a muitas tarefas acumuladas e sendo feitas ao mesmo tempo.

 Com o excesso de trabalho sendo realizado em pouco tempo, a sua mente não tem espaço para pensar em novas ideias, nem produzir qualquer tipo de conteúdo. Por isso, é muito importante que seja evitado muitos trabalhos ao mesmo tempo.

Trabalho acumulado

 Porém, hoje em dia, é muito comum ver escritores, redatores ou roteiristas que se julgam estar passando por um bloqueio criativo, quando na verdade estão apenas sobrecarregados.

 Muitos cometem o erro de se envolverem em várias atividades ao mesmo tempo. Acreditando que a multitarefa poderá ajudar-lhes a terminar tudo mais rápido.

 A realidade é que ser multitarefa resulta em 40% de queda na produtividade. E ainda um aumento de 10% no nível de estresse.

 Isto sem contar que, ao ter muitas tarefas para fazer ao mesmo e não ver nenhuma se concretizando, acaba por ficar desanimado e, muitas das vezes, abandonando até seus próprios projetos.

 Por isso, tenha foco!

Manter o foco escrevendo

Como manter o foco?

 É muito comum que nós acabemos por cair nas distrações do mundo moderno enquanto estamos tentando focar em alguma coisa, principalmente quando estamos criando algum texto ou roteiro.

 Quem nunca iniciou a escrita de um novo artigo e uma notificação do Facebook ou Instagram fez seu foco mudar totalmente, e, de repente, você estava a uma hora olhando a vida alheia ao invés de focar no seu artigo? Eu mesmo sou um desses!

 Então é muito importante que, na hora que for criar, coloque o telefone no mudo ou, se possível, no modo avião. Garanto para você que ninguém irá morrer em 30 minutos que você ficar offline do mundo digital.

 Portanto, afaste-se do mundo digital e foque no que você deve fazer.

 Outro truque muito bom é colocar uma playlist relaxante para tocar enquanto se está trabalhando.

 Eu sempre coloco músicas do estilo Lo-Fi para tocar, garanto que isto irá lhe ajudar muito a manter o foco enquanto se está se escrevendo.

 Outra técnica muito boa é fazer pausas a cada 60 minutos de trabalho, se dando um tempo para beber uma água, alongar as costas, ir ao banheiro e relaxar a mente.

 

Utilizando o Bloqueio Criativo ao seu favor

 Durante toda a minha experiência, do qual ainda considero pequena, que vim adquirindo ao longo dos meus ainda curtos anos na blogosfera, posso garantir que meus melhores artigos (inclusive os mais mediáticos) surgiram da falta de inspiração!

 Com certeza você deve está se perguntando: “Como?” e a resposta é bem mais simples do que você possa imaginar.

 Os meus melhores conteúdos surgiram em meio a um bloqueio criativo pois aproveitei que meu cérebro não me enviava caminhões de novas ideias a cada segundo, para me focalizar única e exclusivamente em um tema e um bloco de notas.

 Esse tema pode obviamente ser qualquer um que se adapte a seu nicho, mas em situações de falta de inspiração, aconselho que se foque em assuntos e temas mais específicos.

 Por exemplo, no nicho de metablogs, aproveite estas quebras para escrever tutoriais mais específicos, que não exigem tanto de sua capacidade de raciocínio literário. Esta é uma solução para os problemas mais agravados.

 No entanto, para aqueles bloqueios menos fortes, então suas possibilidades são bem mais acentuadas.

 Aliás, no final de contas, pode se considerar um blogueiro de sorte por ter tido esses problemas inspiracionais, pois agora que sua mente está trabalhando condicionada, será muito mais fácil utilizar toda sua capacidade em uma única tarefa, neste caso na escrita de seu artigo.

Faça este exercício:

Se sente na frente do computador, mas apenas caso tenha certeza que poderá ficar mais que 2 ou 3 horas.

Caso não tenha muito tempo disponível, então nem vale a pena, porque a pressão é um fator dominante nestas situações.

Continuando, se sente na frente do computador, e visite seus websites de referência, preferencialmente relacionados com seu nicho. Depois de 30 a 45 minutos de leitura, volte a procurar por ideias para novos artigos. Continua não conseguindo? Então sua solução é abandonar o pc e se distrair. Pratique todas as atividades que lhe dão prazer e o ajudam a se libertar da pressão diária. Desde ioga a leitura, muitas são as possibilidades.

Depois de algum tempo praticando essas atividades, feche os olhos por 5 minutos (aproximadamente, não precisa ficando a contar o tempo) e simplesmente pense… em nada. 

Não pense, se limite a saborear curtos e breves minutos de silêncio.

Durante esse tempo, verá que sua mente terá recuperado seu normal funcionamento e certamente uma torrente de novas ideias estará aparecendo!

Caso estas dicas não surtam efeito em seu caso, talvez seja um sinal de seu corpo e sua mente de que necessita parar!

Pense há quanto tempo está sem tirar férias e certamente verificará que faz tempo que não têm umas férias decentes, longe de problemas e pressões.

Assim sendo, não há melhor período para tirar férias, do que um período em que sua produtividade só por si já seria bastante baixa, devido ao bloqueio mental a que está sujeito.

Por isso aproveite e tire umas férias se afastando do mundo online, garanto que você sairá ganhando!

Como manter-se inspirado

 Já fui questionado por diversas vezes sobre esta questão, muitas pessoas já me perguntaram qual era o segredo para manter-se sempre inspirado.

 Eu acho até engraçado, pois parece que eu não sofro também com o bloqueio criativo (e olho que eu sofro para caramba), mas eu aprendi a contorná-lo.

 Eu supero este momento utilizando também as técnicas do exercício que mostrei acima e também, de forma pessoal, eu tenho um motivador que me faz ficar sempre inspirado para realizar tanto os meus textos quanto os textos ou roteiros dos meus clientes.

 O nome deste motivador chave para sempre entregar tudo se chama: Prazo.

 Sinceramente, nada me inspira mais do que ter um Prazo chegando ao tempo limite.

 Todos aqueles que já trabalharam comigo sabem que eu gosto de entregar meus trabalhos sempre com antecedência, mas quando eu não consigo entregar com uma folga no tempo por algum bloqueio criativo ou algo do tipo, prazo é a coisa que mais me inspira no mundo.

Conclusão

 Neste artigo eu apresentei diversas formas de contornar esse problema, mas se mesmo assim você não estiver conseguindo ter novas idéias não se force ou se culpe por isso, o seu problema pode ser preocupação demais.

 Por isso eu te digo: “relaxe!”, você precisa de uma bela noite de sono e sair com a sua namorada ou esposa para comer algo fora.

 E com o tempo nesta vida de redator e roteirista você irá aprender a ultrapassar essa barreira do bloqueio criativo por conta própria.

 Abraço e até o próximo post!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Psicologia

A procrastinação vem se tornando cada vez mais recorrente nos dias de hoje, infelizmente esse comportamento pode causar muitos danos em nossa vida. Pensando...